Que tal um piquenique em família? É super diferente!

1. LOCAL:

Providencie espaço (salão, pátio, etc.) para receber os convidados e também realizar as atividades. Se sua igreja não tem espaço aberto e amplo, procure campos de futebol comunitários, casas de festa, o sítio de algum amigo, etc. e reserve com antecedência. É importante que tenha algum banheiro próximo para o conforto dos convidados.

 2. CARDÁPIO:

Sendo um piquenique você pode combinar que cada família traga sanduíches e outras guloseimas. Lembre de pedir que tragam também toalhas, esteiras, cangas ou cadeiras de praia se o pessoal for sentar no chão para o lanche. Providencie guardanapos, copos e pratos descartáveis e sacos de lixo para recolher as sobras depois.

3. CONVITES:

As crianças mesmo podem fazer os convites. Escreva o texto com todos os detalhes (local, data, horário, o que trazer, etc.) e faça cópias (xerox) suficientes. As crianças podem então podem decorá-los com desenhos, colagem de folhas secas ou areia, etc. e depois entregar ou colocar no correio.

4. ATIVIDADES:                        

Nas atividades que requerem grupos de pai com seus filhos; coloque as crianças sem pai junto de pais que tenham menos filhos, ou convide adultos com quem estas crianças tenham uma relação especial para compor os grupos.

Promova alguns concursos entre os grupos: A melhor caricatura do pai feita pelos filhos e a melhor caricatura das crianças feita pelos pais.O bicho mais engraçado: para cada grupo dê uma batata para ser decorada com gravetos, folhas secas e outros objetos encontrados no local do piquenique. Desclassifique o grupo que arrancar plantas vivas

Caretas: cada grupo elege um representante para fazer sua pior careta para um juri escolher a melhor, a mais engraçada, a mais feia, etc.

Traga material para fazer bolhas de sabão, jogar frescobol, bola queimada ou futebol ou alguma outra jogo.

Jogo do Adivinha-Pé: estenda uma corda, como um varal e pendure um grande pano (pode ser TNT). Atrás do pano as crianças se escondem e estendem por baixo do pano um pé descalço. Os pais devem tentar adivinhar qual o pé do seu filho e escrever o nome da criança (use caneta lavável ou etiquetas adesivas).Depois que todos os pés tiverem nomes, retire a cortina e veja quem acertou. Os pais errados podem pagar uma prenda ou castigo.

No mais, coloquem as preocupações nas mãos de Deus, as esqueçam por uns momentos e divirtam-se!!

Colaboração Dsa. Marta Olívia O. Santos