O JARDINEIRO, O VASO E O TRABALHO

A semente: “E plantou o SENHOR Deus um jardim no Éden, na direção do Oriente, e pôs nele o homem que havia formado” (Gn 2.8).

Conhecendo o terreno: Deus preparou o céu e a terra durante os cinco primeiros dias daquela semana “super criativa” (Gn 1.1-25). E no sexto dia: o homem e a mulher (Gn 1.26-27). Mas na hora de criar o homem, Deus “colocou a mão na massa” (Gn 2.7, 22). Deus formou o homem e o colocou no jardim para cuidar dele.

“‘Formou’ faz lembrar o oleiro criando uma obra de arte com suas habilidosas mãos”. É esse homem formado pelo Oleiro que é colocado no Éden, no jardim, por Deus, O Jardineiro. O capítulo 2 de Gênesis, a partir do v.4, conta com detalhes a formação do homem, bem como: sua morada, seu serviço e sua relação com o Senhor.

No v.8, nossa base, Deus planta um jardim. Jardim tem um significado de paraíso. E este paraíso ficava no Éden, que apesar de seus vários significados, é: “deleite ou lugar de muita água” .O jardim é preparado pela Trindade, o Deus Elohim. Elohim, palavra hebraica, que descreve a ação conjunta de “mais de duas pessoas em diferentes circunstancias”. Este é o Deus Jardineiro!

  1. Fale sobre a expressão “formou”: qual importância Deus dá ao homem e à mulher com esse ato?

Cultivando a vida: Depois de trabalhar como Oleiro, Deus trabalha como Jardineiro e coloca Sua obra de arte (o homem) em seu jardim (o Éden). Um lugar de “tirar o fôlego” por sua beleza. E para quê Deus o coloca lá? Para o homem trabalhar, afinal, “não havia homem para lavrar o solo” (Gn 2.5). Ele coloca o homem lá com esta missão: trabalhar! Deus sempre tem lugares especiais para nós. Claro, que nada se compara ao Éden. Mas no lugar que nos coloca, nos dá dignidade, nos dá trabalho, nos dá oportunidade.

O trabalho é benção! É a missão que também temos que desenvolver. Trabalhemos e nos alegremos com o nosso trabalho e seus resultados. Sigamos o conselho do Eclesiastes: A melhor coisa que alguém pode fazer é comer ou beber e se divertir com o dinheiro que ganhou. No entanto, compreendi que mesmo essas coisas vêm de Deus. (Ec 2.24-NTLH)

  1. Apesar dos desafios, relate como é abençoador o trabalho dado por Deus

Por: Missionário Andrei Sampaio