#EmReforma: Somente a Fé

 

A fé é um dos pilares de sustentação da vida cristã. É a mão que recebe a dádiva de Deus em Jesus. Através da fé na pessoa de Cristo e sua obra, alcançamos a justificação diante de Deus para salvação. O exercício permanente em conhecer a Cristo, nos fortalece e possibilita de fato crer n’Ele; pois como é possível confiar plenamente em alguém que mal conhecemos e nem somos íntimos? (Jr 9.23-24)

Por meio de uma vida devocional de dedicação ao estudo das Escrituras, onde Jesus é revelado, em oração e auxílio indispensável do Espírito Santo, é possível viver pela fé – “(…) visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá pela fé”. Rm 1.17.

Ao reconhecer nossa incapacidade diante do pecado, devemos correr em direção a Jesus que nos concede descanso (Mt 11.28) e viabiliza desfrutar das alegrias da reconciliação com Deus.

A fé em Cristo precisa transbordar em boas obras, não para salvação ou aceitação diante de Deus (Ef 2.8-9), mas como decorrência da nova oportunidade que recebemos, como está escrito em Efésios 2.10 “Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas”.

Uma vida dedicada a Deus e ao próximo, em amor e por amor deve ser almejada pelo cristão, como manifestação da obediência que implica a fé verdadeira. Estar em um relacionamento sério com Cristo, demanda perseverança, pois como Ele próprio nos alertou (…) ”no mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo”. (Jo 16.33);(Mt 28.20)

Em nosso dia a dia, reafirmamos nossa fé em Jesus Cristo por meio de nossos pensamentos, sentimentos e ações. A todo o momento precisamos buscar viver de modo que glorifique a Deus, quando falharmos, nossa fé de que Ele nos acolhe certamente renovará nosso coração em amor e persistência, para no tempo certo frutificarmos.

Reflexão:

1) Você crê que a fé em Jesus é o único meio de ser salvo? Tem desfrutado desse presente?

2) De que maneira é possível exercitar a fé em Cristo? Comente a importância dessa prática.

3) Com que propósito devemos manter nossa fé?

Líbia Bitencourt Seabra; graduada em Teologia; IAP Vila Camargo, Curitiba/PR

 

Confira também:

Somente a Graça: https://fesofap.portaliap.org/artigos/a-reforma-comeca-em-mim-sola-gratia-somente-a-graca/

Somente as Escrituras: https://fesofap.portaliap.org/em-destaque/em-reforma-sola-scriptura/

Somente a Deus a Glória: https://fesofap.portaliap.org/artigos/emreforma-somente-a-deus-a-gloria/