Verdades indispensáveis para todo filho de Deus

“Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte” – Mateus 5.13-14.

O sermão da montanha contém todas as dimensões da vida espiritual. Nele, Jesus, trouxe verdades indispensáveis para todo Filho de Deus. Três figuras falam de princípios interiores e exteriores para vivermos os princípios do evangelismo.

Somos o sal da terra, e como o sal, devemos possuir qualidades surpreendentes. Ele dá sabor, desperta a sede, é invisível e indispensável ao bem estar. Devemos temperar o mundo com nossas atitudes, despertar desejos para a comunhão com Deus, e tornar nossas atitudes indispensáveis e saudáveis ao redor. Quantidade e qualidade devem andar de mãos dadas.

Somos também a luz do mundo. E como luz devemos brilhar, aquecer, purificar e espalhar. O mundo deve conhecer Jesus não apenas por nossas palavras, mas também e principalmente, por nossas atitudes.

Somos ainda, uma cidade sobre o monte. As montanhas eram escolhidas para edificação de cidades por várias razões: O topo possuía formações rochosas e proporcionava maior resistência; a penetrabilidade dos adversários era dificultada e tinha uma maior visibilidade no caso de algum ataque. Outra característica importante é que era vista de longe. Isto nos leva a refletir sobre o nosso testemunho perante o mundo. O que temos sido: cidade sobre o monte, ou um barraco na beira da lama?

A história está cheia de homens dignos de serem imitados: Elias, Jeremias, João Batista, Daniel, Pedro, Paulo, Lutero, Luther King, Carey, Hudson Taylor, João Augusto da Silveira e tantos outros brilharam pela fé e testemunho. Sejamos tempero santo, a luz da verdade e uma cidade visível, para a glória exclusiva do Senhor.

Fonte: Sou da promessa