Vencendo um gigante por dia

“Davi, porém, disse ao filisteu: Tu vens a mim com espada, e com lança, e com escudo; porém eu venho a ti em nome do SENHOR dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado.” (1 Samuel 17. 45).

No texto relatado acima, vemos a história de Davi enfrentando um terrível gigante filisteu, Golias, inimigo do povo de Israel, que insultava e zombava do Deus Eterno, que escarnecia da aparente fragilidade de Davi e do medo dos israelitas. Interessante analisarmos a postura de Davi diante da situação.

Davi não tomou aquelas afrontas de Golias como se fossem contra si mesmo, mas contra seu povo, demonstrando aí um sentimento de união com o povo de Deus. Ele não ficou sentado exigindo que alguém fizesse alguma coisa, ao contrário, ofereceu-se voluntariamente para enfrentar o gigante. Ele não estava preocupado consigo mesmo, nem com sua segurança, nem com as generosas recompensas oferecidas pelo rei para quem vencesse Golias (vs 25), e nem podia aceitar que Golias afrontasse o Deus de Israel. Havia um belíssimo elemento de zelo santo em sua indignação.

Nos versículos (28-30) recebeu duras e severas críticas, vindas do seu irmão mais velho, que o classificou como presunçoso, maldoso e bisbilhoteiro, mas Davi não se abalou com elas. Ao contrário, nos versículos seguintes dá um exemplo de valor e coragem, baseados não em discursos bem elaborados, mas sim em suas anteriores experiências com o Deus Vivo, que o livrara das garras do leão e do urso e certamente o livraria das mãos do filisteu.

Agindo com simplicidade, sem espetáculos, com apenas uma funda e sua fé em Deus, foi de encontro ao gigante, e após feri-lo frontalmente, decapitou-o, numa vitória espetacular.

Assim como o Senhor Deus fez com Davi, capacitando-o para vencer a dura dificuldade que se apresentou, pode também hoje nos fazer vencedores, pois só através da fé nEle podemos vencer o gigante que se apresenta a cada dia em nossas vidas. Basta para isto agirmos sem conformismo, sem comodismo, mas com santa indignação, vencendo críticas.

Assim, quando vierem os problemas, encaremo-los de frente, não com um funda, mas através do precioso sangue de Jesus Cristo, que sempre nos garante a vitória.

Lembre-se: Deus é fiel para nos guardar nos momentos de prova e aflição.

No amor de Cristo, único salvador.

Por: Pr. Elias Alves

Fonte: Sou da Promessa