Super Mulher

Levanto às 6:30 h da manhã, faço uma rápida devocional e já dou início as minhas atividades diárias. Lavo louça, preparo o café da manhã, acordo as crianças, as levo à escola, volto, arrumo as camas, limpo toda a casa, e coloco a roupa de molho.

Puxa… Já são 11:00 h, preciso fazer o almoço, lavar e passar a roupa, as crianças já estão para chegar e eu ainda não consegui fazer quase nada!

Bem… Assim tem sido o nosso cotidiano, incluindo mulheres das mais diversas culturas, e regiões de nosso país.
Quando mais jovens, imaginavam um futuro brilhante, casar-se-iam com um rapaz corajoso, inteligente, um verdadeiro atleta.

O tempo passou, e do seu ideal pouco conseguiram.

E agora o que fazer com suas vidas?

Os problemas se acumulam, e as marcas ficam evidentes em suas vidas; porém, em se tratando de mulheres evangélicas, têm estas uma grande missão a cumprir.

Sabem de uma coisa, tenho aprendido que problemas não são privilégio somente de alguns. Tudo depende de como encaramos a situação. No meio de cada problema que enfrentamos, sempre existe uma pontinha de oportunidade para avançar, crescer e rever alguns dos conceitos que temos.

Faça sempre a escolha da sobrevivência, aposte na luta com otimismo e não se desvalorize nunca. Você é nobre.
Escolha sonhar os sonhos de Deus. Não se incomode tanto com as lutas e desilusões.

Pense assim: “Poderia ser pior se o Senhor não estivesse ao meu lado”.

A Bíblia nos instrui: “No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo”.

Comece a resgatar os seus valores através da oração, e constante meditação na palavra de Deus.

Mulher, o fato de você não exercer uma profissão fora do lar, não é o que vai definir se você é ou não, realizada e feliz. Entenda, que ser feliz vai muito além das regras que a “sociedade” nos dita.

Ser feliz é entender sua missão, exatamente como Deus lhe confiou. É também saber dizer não quando for preciso, e dizer sim, quando necessário. E ainda, saber deter com um largo sorriso, a lágrima que insiste em cair.
Deus nos criou para sermos felizes, e nos deu o privilégio de escolher.

Você que é empresária do lar, imagine-se administrando uma empresa de grande porte, mas que está em crise financeira, emocional e conjugal. Quase tudo está comprometido: o interesse pelo marido, pelo lar e pelos filhos.

Essa empresa deve passar agora, por uma consultoria pessoal e espiritual, deve rever alguns conceitos e chegar à única conclusão possível: Deus, o dono da empresa, deve assumir o comando dos negócios, e você deve ir junto, sob o seu mandar.
Jesus Cristo é o melhor consultor do mercado, e o Espírito Santo, o Consolador; ambos podem ser acionadsos por sua oração, no sentido deajudá-lo e consolá-lo nas horas difíceis que certamente a incomodam. Ore e peça ao Senhor que fortaleça sua convicção de serva de Deus, dentro ou fora do lar. Nunca recue, pois você é mais do que vencedora em Cristo Jesus. Embora o mundo pregue o contrário, a própria história nos mostra que a realidade do lar, é o que faz a diferença na sociedade. Portanto, tenha prioridades, administre seu dia de forma sábia. Aprenda a dizer basta e estabelecer limites, optando sempre por deixar para Deus o melhor do seu tempo.

Olhe, Deus deu-lhe apenas uma vida, então viva intensamente cada segundo dela!

Não se esconda atrás dos seus problemas, filhos ou marido, nem dos seus afazeres; viva você!

Deus a observa e vê como tem administrado a vida que Ele próprio te proporcionou.

Pare com tantas amarguras e tristezas. Mulher cristã não vence com choros ou chiliques; vence perseverando em oração.
“Esperei com paciência no Senhor e Ele se inclinou para mim” (Sl 40:1).

Quando vierem as lágrimas, pare, analise e veja se vale à pena deixá-las rolar. Cada lágrima derramada lhe causará muitas rugas!

O tempo voa, e a vida, de igual forma, tem passado rapidamente, será triste se nos dermos conta do tempo que passou e o quão pouco dele aproveitamos para a boa obra que produz salvação a nós, nossa família e ao nosso próximo.

Se preocupe com sua felicidade diária, é a própria palavra de Deus que orienta: ”Basta a cada dia o seu mal”.

Aprenda a amar-se, e desfrute das oportunidades que Deus lhe concede.

E, mulheres, não se esqueçam da força que cada uma possui dentro de si, usem-na para serem felizes e tornar outras pessoas felizes.

Diante disso, vamos orar sem cessar, para que estejamos constantemente abastecidas pelo Espírito Santo, nosso Consolador e Ensinador.

Com carinho, um super beijo
Dsa. Sara Pereira Brito de Jesus
II Diretora da FESOFAP.
Gestão 2003-2007