Seja uma “influencer” na vida real: relacione-se bem com as pessoas

Uma postagem no Instagram e pronto! Vários likes, comentários e muita gente querendo saber a marca daquela camiseta, qual o preço daquele vestido ou se o profissional daquele tratamento estético é bom mesmo. E não para por aí. Eventos, coberturas, idas a salões de beleza, indicações de produtos, e a publicação no blog já está pronta para ser lida e influenciar pessoas digitalmente.

Essas são uma das atribuições da profissão do momento: Digital Influencer, termo que surgiu do inglês e, em tradução livre, significa influenciador digital. Em português, formador de opinião.

Vemos muitos artistas, cantores, pregadores famosos, sendo grandes influenciadores da juventude cristã no geral, mas e nós “meros mortais”, o que podemos fazer para sermos influenciadores?

Há 53 anos sirvo ao meu Deus, eu tinha 7 anos quando minha mãe foi salva pela graça e misericórdia do Senhor. A decisão dela influenciou a nossa família de tal modo, que todos servem ao Senhor. Em todos esses anos Deus vem me ensinando, que para ser influenciador pelo reino, não me é necessário, câmeras, holofotes, muito menos microfones e vários seguidores no Instagram, facebook e twitter.

Para sermos influenciadores só precisamos viver uma vida de verdade com Jesus; nós só precisamos ser aquilo que Ele nos chamou a ser, administradores da Sua Graça. Você tem noção do que está escrito em I Pedro 4:10? “Sejam bons administradores dos diferentes dons que receberam de Deus. Que cada um use o seu próprio dom para o bem dos outros!” NTLH

E o que você tem feito com esse dom que Deus te chama a administrar? Você tem revelado Cristo para o mundo? Eu tenho certeza que você tem influência sobre alguém que costuma estar ao seu redor, no trabalho, na igreja, na família. Nós vivemos em um mundo de pessoas feridas na sua identidade, que sofrem influências e influenciam a todo tempo, para o bem ou para o mal.

Eu acredito que no mundo não houve pessoa mais influenciadora do que Jesus. Quando criamos intimidade, Ele vai nos ensinando a ser voz D’Ele em meio a essa geração tão carente de tudo e principalmente de Deus.

Eu convido você a fechar os seus olhos por um instante e pedir para o influenciador dos influenciadores ensinar você a influenciar essa geração, a ensinar você a ser DIFERENÇA nessa geração. Use os seus dons para ajudar pessoas a terem um encontro pessoal com Jesus.

Por: Maria Aparecida Cordeiro da Silva, esposa do Pr. Gregório Ferreira da Silva, mãe da Priscila e do Gregório Jr. Mora  em Lauro de Freitas-Ba