Meu filho é um milagre

Depois de muita angústia em busca de um diagnóstico, hoje Thiago é um menino plenamente feliz

Meu filho, Thiago da Silva Amorim, nasceu em 31/12/2007, aparentemente saudável. Nossa batalha começou quando ele tinha 3 meses de vida, quando ele adoeceu pela primeira vez. Segundo os médicos, ele estava sendo acometido por uma pneumonia muito forte. Ele foi levado para a UTI, e toda a família e a igreja oraram por ele.

Aos seis meses, ele sofreu uma desnutrição. Mais uma vez, entramos em campanha de oração e, pela segunda vez, Deus operou na vida dele. Aos dez meses, ele fraturou o fêmur da perna direita. Depois disso, passou a ter dores e febre, indo constantemente ao hospital e os médicos não descobriam o que ele tinha.

Aos seis anos, um médico de me orientou a buscar um especialista, pois ele corria risco de morte. Logo na primeira consulta, o médico nos disse que o que poderia estar causando tudo era um tumor na hipófise (uma glândula localizada na parte frontal do cérebro). Recorri mais uma vez à igreja, pedindo que me ajudassem em oração, e a igreja abraçou essa causa.

Passaram-se quatro meses até realizarmos o exame. Pela graça de Deus, foi constatado que não havia tumor nenhum. Mas ele continuava com as dores e muita febre. Então, os médicos começaram a suspeitar que um tumor nos testículos poderia estar causando todos os sintomas.

Reconhecendo a Soberania Divina e sabendo que nosso Deus é poderoso e poderia, a qualquer momento, curar meu filho até mesmo sem atuação médica, eu fiz um pedido diferente para Deus: que se não fosse seu plano curar completamente meu filho, que Ele nos desse condições de descobrir o que ele tinha e tratar. Mais uma vez, fomos alvos da graça do grande EU SOU! Nos exames, não foi constatado nenhum tumor, graças a Deus!

Depois de outra bateria de exames, meu filho foi diagnosticado com  Insuficiência Adrenal. Mesmo diante desse quadro, conseguimos ver a atuação graciosa do Eterno. Hoje, entendo o que o apóstolo Paulo registrou: “ A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo.” (2 Co 12.9)

A medicação do Thiago é de fácil acesso e barata. Hoje ele está com oito anos, é uma criança normal, brinca, estuda, vai para a Igreja, é atuante no Dijap e um exemplo de vida para sua família e Igreja.

A Deus, nossa gratidão, pois a tempestade veio, mas nossa fé no Senhor continuou. Hoje podemos olhar para o Thiago e ver o milagre divino.

À Igreja Adventista da Promessa, em especial à Sociedade Feminina e às SARAS (Semeando Amor, Resgatando Almas), mulheres de oração, meu profundo e emocionado agradecimento!

Ivanilde Guedelha da Silva, Sofap em Rorainópolis (RR)

Nenhum comentário

Comentários estão desativados