A Menina dos olhos do Pai

Já parou para meditar nos cuidados do Pai em sua vida?

Me recordo que quando eu era pequena meu pai cuidava muito bem de mim, tanto é que tudo o que acontecia comigo na escola ou no caminho meu pai sabia, e quantas vezes ele me surpreendeu com seus cuidados “exagerados”! Foi assim até os meus 19 anos, quando me casei e comecei a experimentar os cuidados do meu Pai, meu Papai! Eu achava os cuidados do meu pai exagerados, mas observando o que hoje e outrora Deus já fez por mim, vejo que não era exagero nenhum, mas uma prova de amor de um pai que ama muito sua filha, e quer apenas o seu bem. Fico imaginando, de acordo com o que já vivi, o tamanho do amor do Aba Pai por mim. Mais que meu pai, Ele sabe de tudo o que acontece comigo em minha caminhada, e vive me surpreendendo com Seus cuidados “nada exagerados”! A Bíblia diz que somos a menina de Seus olhos (Sl. 17:8). Sabe o que isso quer dizer? Que Ele surpreende Suas meninas com Seu cuidado, pois Seu amor por nós é muito grande!

Olhando para a própria Bíblia vemos uma história que relata os cuidados do Pai, a história de Rute, uma mulher que perde seu marido e se vê sozinha com sua sogra e cunhada, ela diferente de sua cunhada acompanha Noemi, sua sogra, e mesmo sendo moabita (adoravam vários deuses) aceita ir com Noemi para sua terra, onde o povo adorava o Deus verdadeiro (“… Porque aonde quer que fores, irei eu; e onde quer que pousares, ali pousarei eu; o teu povo será o meu povo, o teu Deus será o meu Deus.” (Rute 1:16). Com essa decisão ela se entrega aos braços do único Pai que poderia suprir sua necessidade e de sua sogra. Quando ela chega em Belém não olha para as dificuldades da vida, mas com tranquilidade e esperança vai à luta, trabalha debaixo do sol, esperando a providência do Pai. Sua história é linda. Uma mulher humilde e dispostas a se entregar ao Deus verdadeiro. Em troca Deus a surpreende com Seus cuidados preparando para ela Boaz, homem bom e piedoso, que se dispõe a cuidar dela e da sogra. Ele era um homem resgatador que cuidaria delas e de suas terras, pois na lei judaica quando um homem morria sem gerar filhos, a viúva poderia se casar com um parente dele mais próximo para que pudesse ter herdeiros, e Boaz era esse parente. Sua história é ainda mais surpreendente porque não apenas experimentou os cuidados do Pai em meio a tantas percas e decepções, mas, fez parte da genealogia de Jesus, porque aceitou fazer parte do povo de Deus, e foi amada e cuidada pelo Pai. Ela foi a menina dos olhos de Deus!

E você, já parou para meditar nos cuidados do Pai em sua vida? Parou para lembrar daqueles momentos difíceis que passou e que pareciam ser o fim, mas de repente de uma forma inexplicável você se surpreendeu com os cuidados de Deus, o Pai de Amor?  Quando conseguimos lembrar sempre dos cuidados Dele e meditamos no que Ele já fez por nós, lembramos o quanto somos amadas por Ele, lembramos que somos obra de Suas mãos, obra feita com muito amor e carinho, que estamos sob Seus olhos, e desses olhos nada escapa! Então não se preocupe com os momentos difíceis da vida, lembre-se: Ele surpreendeu Rute, e irá te surpreender com Seus cuidados, apenas esteja atenta, e se prepare para se maravilhar com o Aba Pai, pois somos Suas meninas. Rute não foi só resgatada e amada, foi também vitoriosa e herdeira das promessas do Pai, assim como você!

 

Texto por Eula Paula Basto, casada com Odeir Rodrigues, pastor da Igreja Adventista da Promessa em Piracicaba, mãe da Julia Basto de 6 anos, formada em Teologia pela Metodista e aluna no 5º semestre de Gestão Empresarial pela Fatec.