Membros do corpo ou do clube?

“E, tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor e não aos homens, sabendo que recebereis do Senhor o galardão da herança, porque a Cristo, o Senhor, servis.” (Col. 3:23-24)

Será que estar na igreja louvando e adorando a Deus tem sido suficiente para agradar a Deus? Ficar quietinha no banco somente nos edificando, tem sido o bastante?

Ir à igreja hoje é como ir a um clube, onde reencontramos amigos, aproveitamos o momento em que estamos ali, louvamos, adoramos a Deus, edificamos nossas vidas e voltamos aos nossos lares?

O Senhor nos convida a ser “Sal e Luz” nesta terra. Hoje em dia, as pessoas estão ficando cada vez mais doentes e perdidas, precisando do amor e da salvação do nosso Deus, e nós somos os instrumentos responsáveis para levar este amor e cura.

Ir à igreja somente para nos edificar é maravilhoso, mas, Deus não está à procura de pessoas egoístas que não olham para o próximo. Falo por mim mesma, por dois anos fiquei apenas no banco sem me preocupar com as tarefas que precisavam ser realizadas em minha comunidade local e muito menos em ajudar ao meu pastor.

Nossa igreja é o CORPO de Cristo, cada membro ali tem uma função muito importante, e nós não podemos ficar parados, pois se um membro não executa suas funções, gera sobrecarga em outro e o resultado são desgastes, fadigas e desânimo. Se cada um de nós cumprirmos com nossas obrigações, ninguém vai se sentir sobrecarregado e o corpo vai funcionar perfeitamente.

Não seja egoísta, não vá à igreja apenas para encontrar seus amigos, falar sobre a sua semana, ouvir a palavra e se alimentar. Lembre-se que Cristo nos chamou para servir, e ninguém serve sentado!

Precisamos cumprir a missão da igreja e proclamar o evangelho, precisamos nos reanimar no Senhor e realizar sua obra, pedir a Deus para que nos direcione para onde possamos servi-lo da melhor maneira.

Tenho certeza que seus dons e talentos são muito preciosos para sua igreja local, e que seu pastor conta muito com você para os trabalhos, seja em algo simples até o mais grandioso.

É um privilégio servir a Cristo, é um privilégio receber a Graça e o Amor do Pai, e não há nada melhor do que anunciar esse amor através das nossas ações e atitudes. Não podemos mais perder tempo parados, a seara é grande e poucos os ceifeiros, portanto, pegue sua enxada e comece já o trabalho!

Por: Taiane Viana, Designer, Estudante de Arquitetura, membra da IAP Perus-SP e secretária do Ministério de Mulheres N. Paulista.