Leia Mais: A Família sob ataque

Deus conta com mulheres comprometidas que orem pela preservação do seu projeto

Temos plena convicção de que a família é projeto de Deus. Ao criar a família, Deus desejava que o lar fosse um lugar de refúgio, paz e segurança para o ser humano.

 “E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou, macho e fêmea os criou. E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra” (Gn 1.27-28).

Deus se deleitou na sua obra e lhe atribuiu valor. Somos obraprima de Deus! Ele expressou seu amor por nós, criando-nos à sua imagem e semelhança. Porém, a família tem sido bombardeada pela sociedade e os valores morais têm sido invertidos. Os princípios da Palavra de Deus estão sendo banalizados. Hoje, o que era anormal há algum tempo atrás, tem sido aceito como normal. Essa inversão de valores pode ser aceita pela sociedade moderna, mas não para nós, crentes em Jesus.

Por isso, amadas irmãs, Deus conta com mulheres prudentes, sábias, para edificar suas casas, para resgatar princípios bíblicos para suas famílias. Isaías 32.9 (NVI) registra: “Levantai-vos, mulheres que viveis despreocupadamente, e ouvi a minha voz, vós filhas, que estais confiantes, inclinai os ouvidos às minhas palavras.”

Estudando o livro de Isaías, notamos que ele profetizou tribulações para o povo de Deus! Ele previu que haveria lamentação e luto. Haveria tristeza nos lares felizes de Jerusalém. Naquela época, foi então lançado um grande desafio para as mulheres de Jerusalém para que saíssem da zona de conforto e ajudassem a nação a buscar a verdadeira segurança no Senhor.

Hoje não é diferente! Em um tempo como este, o Espírito Santo conta com mulheres comprometidas com ele, que lutem pelo bem-es tar da família. Não podemos nos conformar com este mundo mau. Quem se levantará para defender o projeto tão sublime de Deus? O desafio é para nós, mulheres do século XXI.

Amadas, se orarmos por nossa família e seguirmos o que a Bíblia nos ensina para vivermos bem, o Espírito Santo fará mudanças duradouras nela.

Fonte: O Clarim – edição 64 – página 64