Gratidão – Um espírito agradecido

A gratidão começa com o reconhecimento de quem Deus é e daquilo que ele fez. Essa emoção sincera não depende da reação de outra pessoa ou da natureza daquilo que é recebido como dádiva. A ingratidão, por outro lado, nasce de um coração que recusa se contentar, que rejeita o Doador bem como as suas dádivas (Rm 1:21).

A vida em si é uma dádiva graciosa de Deus – essa é a base de toda a gratidão. Um espírito agradecido deve ser cultivado e passado adiante através do exemplo, especialmente para os membros de nossa família. Isso pode ser feito de várias maneiras:

1-      Lembre-se de que uma pessoa agradecida é humilde e está sempre voltada para Deus, enquanto o coração ingrato é repleto de orgulho e está sempre voltado para si mesmo. Rute demonstrou de forma muito bela esse espírito de gratidão e humildade (Rt 2:10), respondendo com bondade até às menores gentilezas.

2-      Não se esqueça de dar valor às pequenas bênçãos diárias (Mt 6:11)

3-      Procure as bênçãos de Deus, cuidando para não deixar passar despercebidas as dádivas ocultas, sutis ou indiretas que ele concede (Cl 4:2). Reconheça que nem tudo aquilo que você deseja será benéfico para sua vida. Deus é o Doador absolutamente sábio. Considere os planos e as prioridades dele, atentando para não perder a perspectiva mais ampla das coisas por causa de alguma interrupção trágica, porém comparativamente pequena.

4-      Lembre-se de agradecer a Deus até mesmo em meio à adversidade e às provações (Hc 3:17-19; 1Co 10:31; Fp 1:3: 2:14; 1Ts 5:18).

5-      A gratidão a Deus e aos outros deve ser expressa regularmente e em público (Sl 35:18; Jo 11:41-42). Seja agradecida pelos membros de sua família e por seus amigos chegados.

6-      Mantenha um registro das bênçãos que demonstram a fidelidade de Deus para com você.

7-      Complete o círculo de gratidão oferecendo ajuda a outras pessoas no Espírito de Cristo (2 Co 9:12).

Um espírito e um coração agradecidos são parte essencial da vida de santidade. A mulher que é grata e tem o coração cheio de louvor alegra o Pai e glorifica o seu nome. Uma atitude de gratidão traz consigo inúmeras bênçãos e faz de você um canal para abençoar outros. 

 A Bíblia da Mulher – Almeida Revista e Atualizada – pg 951