Grata pelo privilégio de ser filha

Alguma vez na vida você já deve ter dito para alguém a seguinte expressão: “uau, você merece, se esforçou tanto por isso!” Isso é muito comum na área acadêmica, nos esportes, no mundo dos negócios, a meritocracia faz parte do mundo de forma geral, mas… e gosto muito desse, mas nessa frase! Para aqueles que “não são desse mundo”, a coisa não é bem assim.

Vocês são salvos pela graça, por meio da fé. Isso não vem de vocês; é uma dádiva de Deus.  Não é uma recompensa pela prática de boas obras, para que ninguém venha a se orgulhar.  Pois somos obra-prima de Deus, criados em Cristo Jesus a fim de realizar as boas obras que ele de antemão planejou para nós. Efésios2 8-10

Deus escolheu nos amar, escolheu nos perdoar, nos purificar, nos chamar, nos capacitar. Não havia absolutamente nada de bom em nós para que Ele decidisse tudo isso a nosso respeito, mas Ele o fez por sua misericórdia e graça. Essa verdade precisa trazer liberdade ao nosso coração.

Na vida em geral nós precisamos nos esforçar para conquistar algo, mas como filhas do Pai Celestial, precisamos apenas aceitar, nos render ao Seu senhorio e descansar em seus braços de amor. Nada do que fizermos, por mais que nos esforcemos muito, não vamos ser dignas desse amor e é por isso que precisamos ser gratas pelo privilégio de ser filha.

Jesus já fez tudo! Ele pagou o preço para nos reconciliar com Deus, para nos dar o direito de ser filha, e agora em resposta a essa filiação, vivemos em graça e gratidão.

Graça que me impulsiona a ser como o Jesus e gratidão que gera a intimidade com o Pai.

Por: Danúbia Frota Pechoto Guarnieri, casada com Pastor Anderson Guarnieri, mãe do Caleb e da Lía. Atualmente serve ao Senhor ao lado da sua família em Catanduva, escritora do blog http://simplesmentefilha.com