Empodere-se da Graça de Cristo

Uma palavra que tem ocupado um espaço enorme no universo feminino é “empoderamento”. As lutas são justas quando os desejos são por direitos iguais entre os gêneros masculino e feminino: No trabalho, nas oportunidades, no social, na saúde, na segurança, no conhecimento e nas remunerações. O grande problema é quando ultrapassam estes limites. A Bíblia apresenta ambos, homem e mulher à semelhança de Deus. Nem machismo, nem feminismo.

Mas, nossa preocupação neste texto não é identificar quais áreas e como as mulheres devem resgatar dignidade e empoderamento para esta vida, mas em uma dádiva celeste, especial chamada de “a graça de Cristo”, que muitos relegaram ao esquecimento e que ao ser resgatada traz maravilhosos benefícios espirituais.

Padrões do empoderamento da graça

Salvação

Primeiro padrão que o empoderamento da graça proporciona é a salvação através do calvário de Cristo. Foi ali que Jesus morreu pelos pecados da humanidade, sem qualquer merecimento da nossa parte – 1 Pe 1.18-20.  O maior desejo do Senhor é nos salvar da condenação eterna. Na cruz Jesus estava oferecendo a oportunidade de salvação a toda humanidade: “Porque a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens.” – Tt 2.11. Cabe a cada de um de nós recebermos este presente pela fé: “Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus.” – Ef 2.8. Conhecer Jesus pela fé, que viveu entre nós, não de qualquer maneira, mas cheio, transbordante, a ponto de personificar a graça: “Aquele que é a Palavra tornou-se carne e viveu entre nós. Vimos a sua glória, glória como do Unigênito vindo do Pai, cheio de graça e de verdade.” – Jo 1.14.

Ações divinas

Segundo padrão que o empoderamento da graça proporciona é uma compreensão maior do próprio Deus e de Suas ações. Tudo o que conhecemos em termos de vida, expressa a manifestação da graça de Deus. Ele é o Deus de toda graça, não apenas de coisas excepcionais, mas mesmo de coisas que consideramos simples em nosso dia a dia. Ainda que esses detalhes sejam doloridos: O Deus de toda a graça, que os chamou para a sua glória eterna em Cristo Jesus, depois de terem sofrido durante pouco de tempo, os restaurará, os confirmará, lhes dará forças e os porá sobre firmes alicerces.” – 1 Pe 5.10.

Piedade

O terceiro padrão que o empoderamento da graça produz é a capacitação de se viver piedosamente. Deus não nos salva para vivermos da mesma maneira que vivíamos antes de conhecê-lo, sem significado, mas uma vida de bons frutos, santificada e que O glorifique: Porque somos criação de Deus realizada em Cristo Jesus para fazermos boas obras, as quais Deus preparou de antemão para que nós as praticássemos.” – Ef 2.10.  “Ela nos ensina a renunciar à impiedade e às paixões mundanas e a viver de maneira sensata, justa e piedosa nesta era presente” – Tt 2.12.

Relacionamentos

A graça proporciona uma vida cheia de bons relacionamentos – “O seu falar seja sempre agradável e temperado com sal, para que saibam como responder a cada um.” – Cl 4.6. Conforme Strong, a palavra agradável, possui o radical grego “charis”, que significa graça. O empoderamento da graça atua em todos os nossos relacionamentos produzindo durabilidade e edificação.

Adoração

A graça nos proporciona um livramento da autoglorificação e produz uma profunda adoração diante de Deus “Habite ricamente em vocês a palavra de Cristo; ensinem e aconselhem-se uns aos outros com toda a sabedoria, e cantem salmos, hinos e cânticos espirituais com gratidão a Deus em seus corações.” – Cl 3.16. A palavra gratidão, conforme Strong, também possui o radical grego “charis”, ou seja, a nossa adoração só terá significado e profundidade se for saturada com a graça de Cristo.

A suficiência

Mais do que uma bandeira por melhores salários é deleitar-se na graça de Cristo. A graça é suficiente em meio aos sofrimentos da vida para levar você à eternidade ao lado do Senhor. Perceba a experiência de Paulo – “Para impedir que eu me exaltasse por causa da grandeza dessas revelações, foi-me dado um espinho na carne, um mensageiro de Satanás, para me atormentar. Três vezes roguei ao Senhor que o tirasse de mim. Mas ele me disse: “Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim.” – 2 Co 12.7-9.

A militância no Reino do Senhor

A graça é a motivação e o meio para as nossas atividades na obra do Senhor – “Mas, pela graça de Deus, sou o que sou, e sua graça para comigo não foi em vão; antes, trabalhei mais do que todos eles; contudo, não eu, mas a graça de Deus comigo.” – 1 Co 15.10.

A grande luta

A maior das lutas é o empoderamento da graça. A graça de Deus nos desafia ao crescimento do conhecimento de Cristo – Cresçam, porém, na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, agora e para sempre! Amém.” – 2 Pe 3.18

O Trono de Deus

O trono de Deus é o trono da graça. Ou seja, Deus governa todas as coisas por meio da Sua graça. Ao orarmos devemos ter isto em mente, que independente da resposta que tivermos, sendo sim, não ou espere um pouco, será manifestação da graça. “Assim sendo, aproximemo-nos do trono da graça com toda a confiança, a fim de recebermos misericórdia e encontrarmos graça que nos ajude no momento da necessidade.” – Hb 4.16.

Modelo de vida

Pouco importa se você usa P, M ou G. O que realmente importa é a graça de Deus em sua vida. Só resta mesmo é o empoderamento da graça em todas as atividades, como a Bíblia Sagrada, que anuncia graça até na conclusão de suas revelações.

A graça do Senhor Jesus seja com todos. Amém.” – Ap 22.11

Por: Elias Alves Ferreira