De quem você está escutando conselhos?

Diz o ditado popular: “se conselho fosse bom não se dava, se vendia”. Mas sabemos que essa não é bem a realidade. O fato é que sempre aparece alguém para nos aconselhar e todos nós em algum momento da vida iremos ouvir gratuitamente algum conselho e o colocaremos em prática.

A própria Bíblia está repleta de exemplos de pessoas que buscaram e/ou receberam conselho. E hoje nós iremos analisar um desses exemplos.

Em II Samuel 13:1 a 29, encontramos a história de Amnon e Tamar. Amnom estava apaixonado por sua meia irmã Tamar e Jonadabe, que era seu amigo e primo, o aconselhou com um plano ardiloso a satisfazer seus desejos.

Amnon sem nenhuma análise das consequências em seguir tal conselho colocou-o em prática. Mesmo sua irmã argumentando sobre as implicações de tal ato, ele não deu ouvidos e a dominou à força. Cometendo assim uma ação criminosa e vergonhosa. Logo após colocar em prática o conselho de Jonadabe, Amnom passou de uma ardente paixão ao ódio, ao ponto de expulsar Tamar de sua presença.

Amnom ouviu somente a Jonadabe, as palavras de Tamar foram em vão. Se ele tivesse analisado as consequências ou ainda dado ouvido as súplicas e argumentos de Tamar poderia ter sido evitada uma grande tragédia e a sua própria morte.

Por mais que um mal conselho possa nos dar a falsa sensação de que nossos desejos serão saciados, podemos encontrar um final amargo de remorso, culpa e destruição como aconteceu com Amnom.

E você querido(a) leitor(a), de quem você tem escutado conselhos? Ao escutar um conselho você tem analisado as consequências? Quando você recebe um conselho contrário as suas ações ou desejos, você tem parado para buscar orientação de Deus?

A Bíblia nos diz que “Jonadabe era muito sagaz.”, ou seja, ele era uma pessoa muito astuta. E o conselho de uma pessoa que utiliza de artimanhas de esperteza não poderia ser bom, não deveria ser seguido.

Que a palavra de Deus e o Espírito Santo possam ser nossos primeiros conselheiros. Que ao ouvirmos o conselho de alguém, nos perguntemos se essa pessoa é uma pessoa direcionada pelo Espírito de Deus e analisemos se as consequências a partir dessa sugestão serão boas e irão honrar o nome do Senhor.

 

Débora Hilário Pereira casada com Dayvison Levy é Segunda diretora do Ministério de Mulheres da convenção Paulistana Noroeste e congrega na igreja Adventista da Promessa em Osasco