Risco de morte

Você pagaria qualquer preço para ficar mais bonita?

Segundo notícia veiculada na internet em 20 de outubro de 2012 a modelo Pamela Baris Nascimento, 27, que já trabalhou como assistente de palco em programas de televisão – morreu durante uma cirurgia de lipoaspiração em uma clínica no bairro do Ipiranga em São Paulo. De acordo com a investigação, o fígado de Pamela foi perfurado durante o procedimento, o que fez com perdesse muito sangue. Isso a levou a uma parada cardiorrespiratória seguida de morte.

Infelizmente esse não é o primeiro e nem será o último caso de morte em situações de cirurgias para fins estéticos.

 A reflexão que quero fazer diz respeito àquilo que motiva uma pessoa magra, saudável e bonita a optar por um procedimento sabidamente de risco, apenas com a justificativa de que precisa ficar mais bonita, e pior – de que se sente feia.

Não se questiona a necessidade que a pessoa diz ter. Até porque a beleza é subjetiva e, por que não dizer, relativa. Também não se questiona se ela deveria ou não se submeter ao procedimento – ela tinha liberdade para fazer a escolha, assim como você e eu também temos. Somos livres para escolher esse tipo de procedimento, se este for o nosso desejo, mas atrevo-me a perguntar: precisa mesmo?

Você pode ter inúmeros argumentos. Pode dizer que depende disso para ser feliz. Que este é o seu sonho, que trabalhou durante anos para conseguir ter uma mama maior, um bumbum maior, o nariz mais arredondado ou pontudinho, a barriga mais durinha ou outra mudança qualquer. Tudo bem! Vá em frente! Mas pergunto – precisa mesmo?

Veja, não falo de cirurgias reparadoras – aquelas em que são necessários reparos, concertos, reconstruções como, por exemplo, a cirurgia de nariz para melhorar a respiração e eliminar ou diminuir o ronco; de mama para reduzir o peso que prejudica a coluna e assim por diante. Falo daquilo que você não precisa fazer por uma razão de saúde, mas sim, por uma questão estética.

Pense! Pense nas razões que movem o seu coração e a sua decisão. O apóstolo Pedro quando escreve sua carta diz: “… a beleza (da mulher) deve estar no coração, pois ela não se perde; ela é a beleza de um espírito calmo e delicado, que tem muito valor para Deus”. 

Seja grata por aquilo que você um dia recebeu de Deus – o seu corpo. Cuide dele com carinho. Direcione suas energias para manter a sua saúde. Beba mais água, faça atividade física, alimente-se corretamente – sem os excessos de gordura, açúcar, sal e farinha de trigo. Ame o próximo como ama a si mesma e ame a Deus acima de todas as coisas. Que Deus nos dê a graça de reconhecermos a Sua grandeza e a beleza que existe em nós.

Genilda Murta é enfermeira, jornalista e congrega na Igreja em São Caetano do Sul SP

Referências:

– Notícia da morte da modelo Pamela Baris Nascimento. Disponível em: www.sajnoticias.com.br. Acesso em: 7 nov 2012.

– Bíblia Sagrada. Bíblia de Estudo. Nova Tradução da Linguagem de Hoje (NTLH). Sociedade Bíblica do Brasil, 2011.