Litania

DIRIGENTE: Aqueles que semeiam com lágrimas, com cantos de alegria colherão. Aquele que sai chorando enquanto lança a semente, voltará com cantos de alegria, trazendo os seus feixes. 

CONGREGAÇÃO: Plante de manhã a sua semente, e mesmo ao entardecer não deixe as suas mãos ficarem à toa, pois você não sabe o que acontecerá, se esta ou aquela produzirá, ou se as duas serão igualmente boas. 

DIRIGENTE: Como vocês serão felizes, semeando perto das águas, deixando soltos os bois e os jumentos. 

CONGREGAÇÃO: Assim diz o Senhor ao povo de Judá e de Jerusalém: “Lavrem seus campos não arados e não semeiem entre espinhos”. 

DIRIGENTE: Ele também lhe mandará chuva para a semente que você semear, e a terra dará alimento rico e farto. 

CONGREGAÇÃO: Para a árvore pelo menos há esperança: se é cortada, torna a brotar, e os seus renovos vingam. Suas raízes poderão envelhecer no solo e seu tronco morrer no chão, ainda assim, com o cheiro de água ela brotará e dará ramos como se fosse muda plantada. 

DIRIGENTE: Assim como a chuva e a neve descem dos céus e não voltam para eles sem regarem a terra e fazerem-na brotar e florescer, para ela produzir semente para o semeador e pão para o que come, assim também ocorre com a palavra que sai da minha boca: ela não voltará para mim vazia, mas fará o que desejo e atingirá o propósito para o qual a enviei. 

TODOS: Serei como o orvalho para Israel, ele florescerá como o lírio. Como cedro do Líbano aprofundará suas raízes, seus brotos crescerão. Seu esplendor será como o da oliveira, sua fragrância como a do cedro do Líbano. 

Salmos 126: 5 e 6 /Eclesiastes 11:6 / Isaias 32:20/ Jeremias 4:3/ Isaias 30:23/ Jó 14: 7,8 e 9/ Isaias 55: 10 e 11 / Oséias 14:5,6 e 7.

Terezinha Marques do Prado Ferreira – Segunda Diretora da Fesofap