Oração – Grande Deus

Grande Deus!

Supremo Criador!

Meu Senhor e Salvador!

Oh, Senhor criador dos céus e da terra e que controla todo o universo sem esforço algum, pois, todo poder te foi dado nos céus e na terra.

A ti devoto minha gratidão, pois mesmo na tua magnitude, em meio ao glorioso e majestoso céu em que vives, olha para mim tão pequena e pecadora, tão dependente e fraca, e, mesmo sendo uma ofensa a tua Imagem e santidade, me ama. Mesmo assim cuida de mim e me escolheu para fazer parte da nação eleita, mesmo assim me escolheste para manifestar a sua glória e poder, mesmo assim me escolheste para operar o milagre da transformação, o milagre do arrependimento.

Obrigado Senhor, por me conhecer, por ser meu Deus zeloso e sondar os meus pensamentos, por enviar o teu Espírito para mover em mim a vontade de encontrar contigo.

Obrigado Senhor, por agir em minha vontade, a ponto de fazer com que eu te busque, a ponto de eu declarar minha gratidão a ti, por me fazer reconhecer que és Deus, meu Deus!

Senhor, te peço, ajuda para que minha vida seja inundada de conhecimento sobre ti, que eu não altere ou encubra na minha mente nenhum dos teus atributos, que eu não esqueça que tu és Deus benigno, que tu és a expressão exata do amor, que tu és a misericórdia, mas que eu também não esqueça que na mesma proporção tu és Santo e Justo e se ira com o pecado, com a injustiça e a iniqüidade dos homens…

Mas obrigado por ser veloz em me amar e tardio em se irar.

Completa em mim Senhor a obra que começaste, não permita que eu desvie do seu irretocável caminho, me ajude a me deleitar na magnitude dos seus preceitos e na beleza da sua lei. Que nela eu medite dia e noite, até o dia em que O verei entre as nuvens com grande glória e meus joelhos se curvarão em adoração e reverência, meus lábios e língua, antes mesmo que perceba, declararão que tu és Deus, meus olhos prantearão, mas meu coração se regozijará, pois se lembrará da promessa, que enxugará todas as nossas lágrimas.

Senhor, te peço, que me conserve firme sob a Rocha, varonilmente até o dia em que raiar o Sol da Justiça, o TEU GRANDE DIA.

Juliana Mateus Meira Cruz
Membro da IAP – SANTANA- SP