Lidando com as perdas emocionais e financeiras

“Que o Senhor, Deus de Israel, sob cujas asas vieste refugiar-te, te abençoe por tudo.” (Rute 2:11) 

Fatalidades acontecem com qualquer um. Quantas de nós já não ofereceram a mão amiga a alguém cujo sofrimento impressionou?

Na Bíblia encontramos a história de Rute, pessoa admirável que ficou viúva numa época em que as mulheres eram dependentes de seus esposos e, para piorar, tornou-se responsável por uma sogra viúva e de outra nacionalidade.

Que situação delicada. Coloque-se em seu lugar: sem qualificação profissional num mundo onde não havia muito trabalho para mulheres e com uma idosa dependente. Complicado…

No entanto Rute rendeu-se a um Deus misericordioso, que não desampara quem nele confia e seguiu Noemi rumo a uma vida diferente, difícil e sem a comodidade à qual estava acostumada! Corajosa essa mulher.

E Deus cuidou! Sim, o Pai Eterno amparou nossa amiga batalhadora!

Tenho certeza disso ao ler as palavras do fazendeiro Boaz, em cujas terras ela foi trabalhar, e que se encontra no livro de Rute 2:11: “Que o Senhor, Deus de Israel, sob cujas asas vieste refugiar-te, te abençoe por tudo.”

E sabe o que aconteceu? Rute começou colhendo espigas que caíam no chão, mas no final da história tudo se resolveu e ela tornou-se esposa de Boaz.

Há momentos em que a situação parece fugir ao controle, as emoções nos fazem chorar, perder o sono e o dinheiro desaparece rapidamente da carteira no meio de tantas contas a pagar, tentamos visualizar o futuro e não conseguimos enxergar a solução ou alguém que nos ajude. Já passou por isso?

Influenciada pelo exemplo de Rute, posso dizer que há esperança quando depositamos nossa fé em Deus, crendo que seu cuidado e amor são imensuráveis.

Não estamos sós! Deus está conosco, creia em sua providência.

E só posso concluir com um versículo do livro de Isaías, que nos traz um grande conforto em momentos de aflição. Medite nessa palavra e peço ao Pai Eterno que conforte seu coração quando houver tristeza e insegurança. “Por isso não temas, porque estou contigo; não te assustes, porque sou o teu Deus; Eu te fortaleço, ajudo e sustento com a mão direita da minha justiça” (Isaías 41:10)

Por: Diaconisa Genilda Farias, casada com o diácono Silas Farias e mãe do Pedro José. Formada em Letras e Pedagogia, congrega na Iap de Vila Maria – SP