Aprendendo com Hagar: “Deus te vê!”

Dias difíceis, momentos de crise, de dor e sofrimento são comuns a todas nós mulheres. Por mais estruturada que seja nossa vida, as aflições surgem e precisamos vencê-las, assim como fez Jesus. E além de nos ensinar pessoalmente como vencer este mundo, ainda nos deixou registrado em sua palavra muitos testemunhos que nos edificam e fortalecem nossa fé. Hoje, vamos aprender com Hagar.

Hagar era egípcia, serva de Sara e Abraão, e foi envolvida em uma violação da lei de Deus. Foi oferecida por Sara, que era estéril, a Abraão para que tivesse um filho em seu lugar. Com a gravidez mudanças acontecem, e Hagar passa a desprezar Sara, que sendo sua senhora a humilha até que Hagar decide fugir (Gn 16:1-6). Às vezes nos sentimos assim como Hagar, não sabemos como agir, nos vemos impotentes diante de uma situação, medo, pecado, falta de perdão. Dá vontade de sumir, fugir para bem longe, porém isso não resolve nosso problema.

E o Anjo do Senhor a encontrou no deserto (Gn 16: 7), a chamou pelo nome (Gn 16:8). E ali, ela conheceu a Deus: “Tu és o Deus que me vê” (Gn 16:13). Ah, e como Ele vê… nos sonda e nos conhece por inteiro, de longe sabe nossos pensamentos (Sl 139: 1-2).

Ela ouviu a Deus, recebeu suas promessas e o obedeceu. Retornou para casa de Sara e Abraão, conviveu com eles por mais de 14 anos, até que Sara engravida, ganha Isaque e novamente Hagar vai para o deserto. Porém, agora não está fugindo, ganhou sua carta de liberdade, foi mandada embora junto com seu filho Ismael, com uma vasilha de água e um pouco de pão (Gn 21:8-14). Aquele sentimento de impotência diante de uma situação desesperadora aparece, acabou a água, acabou o pão, Hagar espera a morte de seu filho (Gn 21: 15-17).

Mas o Senhor não esqueceu de suas promessas: “O que a aflige, Hagar? Não tenha medo…” (Gn 21:17). Ele não a abandonou, Ele permanece Fiel (2Tm 2: 13). Deus abre seus olhos e ela encontra uma fonte de água. Renasce a esperança.

O que tem afligido seu coração? Quais as situações que a fazem ter vontade de fugir? Lembre-se do Deus que te vê, que sonda seu coração e conhece seus pensamentos. Clame a Ele, o Deus que ouve virá em teu socorro, abrirá os teus olhos e através da Palavra te dará direção para resolver os seus conflitos. Jamais esqueça que Ele é a Fonte de Vida Eterna, Ele é a nossa Esperança.

Por: Débora de Assis Pereira de Souza Santos, casada com Pr. Franilson Gugelmim dos Santos. Congrega nas IAPs de Campo Mourão e Goioerê – PR. Diaconisa, Diretora Dijap Regional Paranaense, e formada em Ciências Contábeis.

Nenhum comentário

Comentários estão desativados