Outubro rosa: vamos tocar neste assunto?

Outubro começou e com ele a campanha contra o câncer de mama. Este tema não é um dos mais fáceis para se conversar, não é mesmo? Mas mesmo sendo difícil é de grande importância. Essa é uma campanha desenvolvida mundialmente para que mulheres sejam orientadas e previnam os agravos e males do câncer de mama. São agendadas várias consultas e exames como mamografias ultrassons e muito mais, mas podemos usar um ou outro recurso que está bem ao nosso alcance, vamos falar especificamente a seguir.

Hoje temos informações sobre tudo na palma das nossas mãos, pois encontramos no celular, tablet e computador. E por que não usar as nossas mãos para nos dar mais informações?

Isso mesmo! “O autoexame” este é o nosso recurso mais próximo. E então,  vamos tocar neste assunto? Há mulheres que relatam que não sabem fazer o autoexame e por isso não o faz. Já outras argumentam que não querem encontrar aquilo que pode estar escondido. Ao fim desta leitura espero que você compreenda a importância de se autoexaminar.

Vamos começar propondo um novo hábito, ok? O melhor dia é logo após o período menstrual, pois antes dele você pode encontrar alguns nódulos, mas logo após a menstruação desaparecem; e para a mulher que está na menopausa é recomendado que se escolha um dia do mês e realize o autoexame sempre na mesma data, de modo a ter um controle.

Então surge a dúvida comum, como realizar o autoexame? Pois bem, o autoexame é um momento de se conhecer, então analise a simetria das mamas e se elas estão iguais, se há uma mancha diferente ou algum outro sinal novo. Em seguida apalpe a mama com as pontas dos dedos, fazendo círculos expirais desde o mamilo até chegar a axila. Tente pegar todas as áreas. Faça de um lado e depois do outro. Quem tem a mama pequena pode fazer em pé, durante o banho, que facilita o deslizar dos dedos. Quem tem uma mama maior poderá fazer o mesmo processo, mas deitada, não se esquecendo de que todas as partes da mama devem ser tocadas.

E se você encontrar algum nódulo não se desespere! Procure um profissional para te ajudar, ele te dará as orientações do que fazer e te pedirá alguns exames. Encontrar alguma alteração pode não ser um câncer, mas é muito importante que você fique de olho.

Mulheres, vamos cuidar daquilo que Deus nos confiou para cuidar, o nosso corpo, que é a Sua morada até que Ele venha nos buscar. Esta é a nossa recomendação para você com muito carinho, avise as suas amigas e vamos todas juntas fazer deste mês um mês todo cor de rosa.

Elaine Braz Silva casada com Ismael Braz de Oliveira, Enfermeira Auditora clínica, especialista em saúde da família, congrega na IAP Cumbica Base e Ponte Rasa