Não sonegue a verdade

Vivemos na sociedade do espetáculo, isto é, em um mundo de aparências. Somos incitados a todo o momento a mostrarmos o que nós temos: nossos carros, nossas casas, nossos corpos, nossas viagens. Ao que parece, a vida só faz sentido se for vivida com base em um ideal de perfeição para as outras pessoas a observarem.

Eis a questão: como ser verdadeiro em um mundo que cultua a ilusão? Como dizer as verdades da palavra de Deus que, inevitavelmente, é contrária a esse mundo espetaculoso? Em I Coríntios, capítulo 5, versículo 8, o apóstolo Paulo diz o seguinte: “este é o nosso orgulho: a nossa consciência dá testemunho de que nos temos conduzido no mundo, especialmente em nosso relacionamento com vocês, com santidade e sinceridade provenientes de Deus, não de acordo com a sabedoria do mundo, mas de acordo com a graça de Deus”.

Nós, mulheres, temos uma missão muito importante: a de servir como canal de comunicação com aqueles que necessitam de carinho e de aconselhamento e, muitas vezes, iremos nos deparar com a necessidade de sermos sinceras em atendimento ao Evangelho ao invés de sermos coniventes com atitudes que somente encontram espaço no mundo sem Cristo. Não se trata de uma situação fácil, pois somos influenciados pela cultura desse mundo a mantermos as aparências e a não desagradarmos com a verdade, mas o que o Espírito Santo nos ensina é que não podemos sonegar e esconder a verdade das pessoas, pois elas precisam saber o que é justo e reto aos olhos do Senhor.

Certamente a convocação para sermos verdadeiros em nossos relacionamentos não é uma autorização para sermos truculentos ou desrespeitosos com os outros, pois, a mesma Palavra que nos ensina a sermos sinceros e verdadeiros, nos ensina a sermos amáveis. Portanto, é importante que coloquemos amor em tudo aquilo que formos fazer.

Assim, é importante que o combo sinceridade + amor seja usado em todos os nossos relacionamentos. Ainda que o direcionamento que seja necessário dar a uma pessoa não seja exatamente o que ela gostaria de escutar no momento, é importante termos em mente que a Palavra de Deus não pode ser usada dependendo das circunstâncias, uma vez que ela é boa, justa e agradável em todo o momento.

Que nós possamos ser um veículo de comunicação verdadeiro do Reino De Deus nessa terra e que, por isso, a verdade nunca seja negligenciada em nossas vidas, ainda que vivamos em tempos de aparência e ilusão.

Por: Liemi Bigalia Komatsu, Advogada pela Universidade de São Paulo congrega na Igreja Adventista da Promessa de Araçatuba – SP