Meio-convertidos. Pode isso?!

“Portanto, já que vocês ressuscitaram com Cristo, procurem as coisas que são do alto, onde Cristo está assentado à direita de Deus. Mantenham o pensamento nas coisas do alto, e não nas coisas terrenas… Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês;” Colossenses 3:1-5

Em tempos de verdades relativas e constantes propostas de quebra de padrões e costumes, somos confrontadas com intensos debates que colocam em cheque nossa fé, nossa personalidade cristã, nossos princípios e valores. Diariamente somos bombardeadas por novos conceitos que são incansavelmente forçados para dentro de nossas casas e relacionamentos, que nos fazem sentir antiquadas, retrogradas e caretas!

A palavra de ordem é romper com os padrões! Chega de se manter aprisionada a conceitos ultrapassados. Nada de aceitar padrões que eram corretos na época da nossa vó, você deve buscar o que é certo pra você. Você pode ser cristã e seguir a onda liberal! Você pode ser livre e usar o lema de ditar as regras para o seu próprio corpo. Você pode concordar com o homicídio em alguns casos. Você pode tudo o que você quiser… Como são sutis as armadilhas nas quais podemos entrar!

Mas o nosso Deus não muda de acordo com as circunstâncias. O certo e o errado apresentados em sua Palavra não são relativos. O apóstolo Paulo nos deixa um alerta em sua carta aos Colossenses 2:8:  “Cuidado que ninguém vos venha a enredar com sua filosofia e vãs sutilezas, conforme a tradição dos homens, conforme os rudimentos do mundo e não segundo Cristo”.

Enquanto cristãos, temos a responsabilidade de manter nossa conduta e práticas que sejam compatíveis com os ensinamentos da Palavra de Deus. Não podemos estar divididas e em cima do muro sobre quem somos e em que acreditamos. Nossa fé é racional e firmada na Palavra do Deus vivo que espera de nós um posicionamento: “Seja o seu ‘sim’, ‘sim’, e o seu ‘não’, ‘não’; o que passar disso vem do Maligno”. (Mateus 5:37).

Temos que viver intencionalmente e racionalmente como filhas do Deus altíssimo. Não podemos nos deixar levar pela moda que expõe nossos corpos e nos reduz a meros objetos. Não podemos aceitar que roubem de nós a delicadeza e feminilidade concedida a nós pelo nosso Criador. Não podemos abrir mão do privilégio de sermos integras e idôneas. Mesmo que tudo isso signifique ser do contra, não podemos deixar que diante do caos que assistimos no mundo, a luz de Cristo não brilhe através de nossas vidas.

Andar com Jesus e ter o evangelho do Cristo enraizado em nós sempre trarão transformações em nossa vida.  Ainda estamos no mundo, e receberemos todo tipo de influência e pressões que se possa imaginar. A única maneira de não ceder a tantas informações é ter nossa mente transformada. “Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”.(Romanos 12:2)

Tatiane de Carvalho Andrade Vitorino, secretária executiva bilíngue, casada com Pedro Vitorino da Silva Jr, congrega na igreja Adventista da Promessa em Vila Nhocuné.