Eu vim pelos que têm fome

“Os que têm saúde não precisam de médico, mas sim os doentes.” (Mateus 9:12). Essa foi a resposta de Jesus aos fariseus. A situação é que Jesus foi comer na casa de Mateus, e sentaram-se à mesa muitos cobradores de impostos e pessoas de má fama; quando os fariseus viram a cena, perguntaram aos discípulos: “Por que é que o mestre de vocês come com essas pessoas?”. A resposta vocês já leram.

Jesus veio para os que têm fome, Ele veio para os doentes, para os que precisam. Tantas coisas o Mestre nos ensinou em volta da mesa. Uma delas foi essa incrível lição. Nós também temos que nos preocupar com os doentes, os que têm fome, os que precisam. Tanto espiritualmente como literalmente falando. Fomos chamados para espalhar e compartilhar do amor de Jesus, amor esse que deve envolver todas as nossas ações, mesmo que seja um simples ato de fazer um café ou receber alguém que precisa. Nunca subestime o poder que a hospitalidade tem de afetar as pessoas.

Assim como nós não gostamos de chegar aos lugares sendo olhados, julgados, diminuídos, humilhados, criticados, nenhum outro ser humano se sente bem com isso. Ao invés de agir tão automaticamente rejeitando os atuais “cobradores de impostos” e “as pessoas de má fama”, ame, seja bom, mostre hospitalidade, receba, compartilhe, mostre que o Mestre sabia o que estava fazendo e ainda sabe.

Jesus nos recebe assim, com amor, sem julgar, com a hospitalidade mais perfeita. E não é apenas porque nós gostamos disso e nos sentimos melhor com isso, é porque precisamos, é por ser a única forma de termos um relacionamento com nosso Criador. Nenhum de nós está livre do pecado, nenhum de nós é mais do que o outro, ou menos. Somos todos falhos, todos precisamos urgentemente do Médico. A pergunta é, vamos aceitar o tratamento? Vamos apresentar aos outros o tratamento? Essas perguntas são pra você responder. Pra você pensar sobre como tem agido em relação à hospitalidade, em relação às pessoas que precisam.

Como falamos sobre o simples café acima, para encorajar mais ainda a nossa reflexão e forma de agir, resolvi deixar hoje uma receita de um café um pouco diferente, um café cremoso. Talvez um café e alguém disposto a ouvir e amar, é tudo que os “cobradores” e as “pessoas de má fama” precisam para abrirem seus corações. Seja um canal, seja uma ponte pra que elas cheguem ao Médico, ao Mestre que poderá alimenta-las.

 

Café Cremoso

Ingredientes:

2 xícaras de açúcar

100g de café solúvel

4 colheres (sopa) de cacau ou chocolate em pó

1 xícara (chá) de leite em ponto de fervura

 

Modo de preparo:

Na tigela da batedeira, misture o açúcar com o café solúvel e o cacau. Junte o leite e mexa somente para dissolver os ingredientes secos. Depois bata bem, por dez minutos, até a mistura ficar bem fofa e cremosa. Utilize 1 colher (sopa) de café cremoso para cada xícara de leite quente e misture bem. Guarde a mistura de café no freezer, em recipiente fechado, para manter sua cremosidade. Não é preciso descongelar para usar.

Por: Mariana Longo Mendes – Igreja: IAP do Parque – Campinas – formada em Gastronomia

Nenhum comentário

Comentários estão desativados