E aí onde está o seu tesouro?

Todos nós, de uma certa forma, corremos atrás de “tesouros”, queremos ter mais a cada dia: que tal uma casa nova? Ou um carro? Roupas? Perfumes? Móveis? Quem não quer? Não basta a sobrevivência, o básico, o que comer ou vestir, queremos mais…

Então abrimos a Bíblia que nos diz: “Onde está o seu tesouro aí estará também o seu coração.” Mateus 6:21. Palavras do próprio Jesus no Sermão do Monte.

Tive uma amiga que morreu de câncer há alguns anos e ao visitá-la, já com a doença bem avançada, ela me disse algo que ficou na minha mente: “Sabe, tenho um arrependimento: trabalhei demais, conquistei coisas, mas dediquei pouco tempo à minha família…” Ela era professora e trabalhava em dois turnos.

Ser uma mulher independente, conquistar uma profissão, ter um bom salário; que mal há nisso? Nenhum problema… ou todos os problemas! Se todo o nosso tempo ou quase todo for para isso, o que restará para o que de fato importa, segundo a orientação de Jesus?

“Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento e ao próximo como a ti mesmo” Lucas 10:27. Se a rotina do nosso dia a dia for tomada por ocupações (sejam elas em casa ou fora dela) onde encontraremos tempo para nos dedicar ao nosso relacionamento com Deus? Aquele tempo tão necessário para leitura da Bíblia e oração de onde tiramos forças e orientação para tudo o mais na nossa vida? E o nosso relacionamento com a família? Como será, se no pouco tempo que sobra estamos esgotadas e queremos apenas nos jogar no sofá e ver TV?

Mas é claro que você poderá dizer: “Tem gente que tem todo o tempo do mundo e não se dedica a essas coisas…”  Sim, é fato, elas também estão equivocadas. Mas quem compreende o que Jesus quis dizer com colocar o nosso coração nas coisas importantes, não pode se desculpar dizendo: “Não tenho tempo”.

Obedecer ao senhorio de Cristo é ouvir o que ele tem a dizer a respeito de como levamos nossa vida nessa terra. E ele nos diz: “Não acumulem tesouros na terra… mas acumulem tesouros nos céus…” Mateus 6: 19-20.

Que tal um tesouro de onde você pode tirar recursos e quanto mais você tira, mais ele produz?  Esse é o tesouro do céu! O verdadeiro tesouro não perecível. O amor de Deus revelado a nós por meio de Jesus Cristo, nosso Senhor. Quem dele experimenta, vive uma vida que não pode ser comparada a riquezas ou valores dessa terra.

Então, vamos refletir e responder com sinceridade: Onde está o nosso coração?

Por: Eunice Alves da Cunha, esposa do pastor Eduardo Lucena da IAP de Vila Nhocuné, mãe da Isabela, professora aposentada.