A Ms. Durvalina Bezerra ministrou sobre “A Relação da Mulher com a Graça”

“Muitas pessoas estarão diferentes no próximo Congresso, porque sairão daqui agraciadas.
Queremos ser abençoadas não só para ficar feliz, mas para que o nosso coração se integre ao coração de Deus.
Temos um Deus gracioso que não nos trata segundo nossos pecados.
Pedimos ao Senhor que nos ajude a escrever nossa Graciografia.
A graça salvadora já nos foi dada.
Só podemos viver bem (saúde física, emocional e espiritual) se tivermos relações graciosas.
A relação graciosa com Deus é confiar na graça.
É a graça que forma nossa identidade.
É a graça do Evangelho que nos dá uma nova identidade e esta identidade tem que ser autêntica.
Nossa natureza não tem propriedade para gerar as virtudes do Espírito Santo sem Ele.
Temos que entender que não somos capazes por nós mesmos de amar com amor da cruz.
A morte da cruz precisa ser repetida todos os dias em nós.
A salvação é um ato gracioso de Deus. Quando Ele nos dá, dá para sempre.
A graça nos faz ser uma nova criatura.
Não podemos olhar para cruz e dizer que tudo está pronto.
Quem quiser segui-Lo, deve tomar sua cruz.”