Mais Fé, menos preocupações: uma vida de confiança no Pai

Jesus e seus discípulos também haviam sido convidados para o casamento.
Tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: “Eles não têm mais vinho”. Respondeu Jesus: “Que temos nós em comum, mulher? A minha hora ainda não chegou”. Sua mãe disse aos serviçais: “Façam tudo o que ele lhes mandar”.
João 2. 2-5
Quando olho para esse texto a primeira palavra que me vem à mente é: Fé. Olho para Maria e fico pensando: Que sabedoria e que fé essa mulher teve!

No versículo 11 diz assim o primeiro trecho: Este sinal miraculoso, em Caná da Galiléia, foi o primeiro que Jesus realizou… ou seja, até então a mãe de Jesus não tinha o visto operando nenhum milagre publicamente, mas ela já havia convivido o bastante com Jesus para confiar nEle e saber que Ele sempre tem a melhor solução para cada situação. Abro um parêntese para dizer que: (Quanto mais convivemos com o Pai, mais conhecemos Dele!)

Eu fico impressionada com a atitude de confiança de Maria ao saber que o vinho da festa havia acabado, mas nada de desespero, nenhum alarde, simplesmente uma fé colocada em ação: “Eles não têm mais vinho”.

Quem é essa mulher para se importar com isso? Por acaso Maria seria uma organizadora de evento ou a mãe de um dos noivos? Não, pelo que o texto indica, era apenas uma convidada, porém uma convidada com um diferencial: Uma mulher cheia de fé e que sabe muito bem a quem pedir socorro! Só que a resposta que Maria obtém de Jesus é essa: “Que temos nós em comum, mulher? A minha hora ainda não chegou”, mas parece que chegou aos ouvidos de Maria de outra forma: “Fica tranquila, posso resolver essa situação!”, pois a atitude posterior me impressiona muito mais ainda, ela vira aos serviçais e diz: “Façam tudo o que ele lhes mandar”.

Com toda calma do mundo, Maria deixa Jesus entrar em ação. Colocar a nossa vida e todas as nossas ansiedades nas mãos do Pai ainda continua sendo a melhor opção!

Que possamos olhar para Maria e aprender com essa mulher de fé. Que em toda e qualquer situação o Senhor Jesus seja o nosso primeiro e não o último recurso. Confiemos mais, preocupemo-nos menos e veremos muitos mais milagres para a glória do Pai! O casamento que estava fadado ao fracasso no dia da festa é hoje o casamento mais comentado da história porque uma mulher agiu com fé e Jesus estava ali.

Por: Eliane Salvador casada com  Pr. Magno Batista da Silva mãe de Alexandre e Gabrielly, Diretora da Resofap Geral, Bacharel em Teologia e Congrega na igreja Adventista da Promessa em Pq. Edu Chaves