Dia da Bíblia

A palavra Bíblia é de origem grega (Bíblos significa livros), também chamada de livro do Senhor, exatamente por ser inspirada por Deus. É dividida em duas partes, o Novo Testamento composto por 27 livros e o Velho Testamento por 39 livros, somando o total de 66 livros, escritos por 40 homens em diferentes lugares e épocas; estes homens foram dirigidos e inspirados literalmente por Deus.

O fato é que o Livro do Senhor, coleção de livros, ou ainda Sagradas Escrituras são divinos. Nós encontramos nas Sagradas Escrituras a comunicação soberana de Deus para nossas vidas. O livro de Gênesis fala sobre a criação e como tudo começou; retrata a queda do homem através da desobediência; logo em seguida temos a história do povo de Israel e toda a sua trajetória, mas a mensagem central da Bíblia é o maravilhoso plano de Salvação através de Jesus Cristo, pois com a desobediência o homem tornou-se separado de Deus, pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus (Rm. 3:23). 

As escrituras nos comunicam que o próprio Deus demonstrou o maior amor já visto, enviando o seu filho para morrer pelo homem perdido, de acordo com Jo. 3:16: “Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna”. O Livro Santo fala que desde o princípio Deus anunciou o plano de salvação, falou através dos profetas, mas nos últimos dias nos falou através de Jesus (Hb. 1:2). Nestes últimos dias falou-nos por meio do Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas e por meio de quem fez o universo.

Desta forma concluímos que as Escrituras Sagradas é o guia para nos conduzir a Cristo, pois ela é suficiente e nos instrui em toda justiça, por isso podemos dizer que ela é eterna (Is. 40:8). Ela é fonte de vida eterna (Jo. 5:39). Ela é a verdade (Jo. 17:17). Neste texto  não ousaríamos  descrever o valor da Bíblia, visto que é o livro mais lido e vendido de todos os tempos. Temos a certeza de que a Bíblia foi, é e continuará sendo útil para toda a humanidade. “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça” (2 Tm. 3:16).

Diante disto agradecemos a Deus, o inspirador da Bíblia, pelo “Dia da Bíblia”, pela qual podemos expressar o nosso amor e respeito, pois é o Santo Livro do Senhor.

Dsa. Marinete Gonçalves dos Santos José – conselheira Fesofap – IAP Jd dos Francos SP