Amarra o amor na chuteira​

Hoje a gente já chegou cheio de esperança, como sempre com nossa torcida cantando o hino a capela, se recusando a deixar a nossa história ser podada por um playback, mas o árbitro apita o jogo e o México começa dominando tudo, ganhando espaço, indo pra cima, com garra e agressividade, mas isso foi até metade do primeiro tempo, o Brasil não ficou acuado, o Brasil se mexeu, foi pra cima, e a partir daí começamos a ver um time unido, indo pro ataque.

​O primeiro tempo não nos rendeu nenhum gol, mas rendeu amadurecimento do time, rendeu força, rendeu estruturação, pra um time mais preparado no segundo tempo.
​O México que não seja desmerecido, porque foi uma partida justa, uma partida leal (tirando um pouco da violência que sofremos em campo). O segundo tempo começa e o gol é nosso, reacendendo nossa fé de que talvez esse seja o ano de voltarmos a ser campeões. A disputa é forte, é férrea, mas fazemos mais um, levamos o jogo no coração, e encerramos confirmando que continuamos no jogo, não desistimos, e nos preparamos para o próximo passo dessa jornada.

​Das muitas músicas da copa, uma das minhas favoritas é: “Mostra tua força Brasil, e amarra o amor na chuteira, que a paixão da massa inteira, vai junto com você, Brasil.” A nossa seleção tem se superado a cada jogo, mesmo diante de forte marcação, mesmo diante de trombadas violentas e intencionais, nossos jogadores têm encontrado um jeito de jogar, eles encontram os espaços abertos e as oportunidades em campo, eles buscam ter uma visão mais ampla da jogada, eles não olham apenas para a bola, apenas para o gol, apenas para o próximo passe, eles são um time que tem a visão do jogo inteiro, que tentam trabalhar juntos, ainda que não leiam mentes, procuram estar sempre em sintonia.
​O que você pode aprender com uma partida de futebol? Que ter garra, esperança, fé, não é em vão, que ser unido, trabalhar como um time é o mais importante, não importa se vamos ganhar ou perder, importa que fizemos um bom trabalho, e fizemos juntos.

​O Brasil está mostrando sua força, amarrando seu amor em cada partida, nos unindo em uma só paixão, como uma nação que acredita. Que nossa união e nossa fé continuem tão fortes como agora. Ainda que o próximo resultado não seja bom, ainda que caiamos pelo caminho, porque o mais importante é que temos sido grandes na jornada, temos honrado nossa caminhada e fortalecido nosso amor.

Por: Mari Mendes