A Mulher nos planos de DEUS

Personagens bíblicas exemplificam o cuidado dele para conosco

“Depois disse o Senhor Deus: ‘Não é bom que o homem fique sozinho. Vou fazer uma companheira para ele, uma auxiliadora à altura dele’… Então o Senhor Deus fez o homem cair em sono profundo. Tirou uma das costelas dele e fechou o lugar da costela tirada. Da costela fez uma mulher, que trouxe ao homem. ‘Isto sim!’ exclamou Adão.” (Gn 2:18, 21-23a)

Muito se ouve dos motivos pelos quais Deus criou primeiro o homem, depois a mulher: “Ele não queria a mulher dando palpites” ou “a obra-prima vem depois do rascunho”. A verdade é que este fato é uma demonstração do grande amor e cuidado divinos! Deus criou a mulher para que fosse cuidada pelo homem! A mulher foi uma criação toda especial do Pai! E era preciso que alguém zelasse por ela!

Ao longo de toda a história do povo de Deus, percebem-se seus cuidados para com as mulheres. Os propósitos de Deus para cada mulher são os mesmos, ao longo do tempo, até hoje:

Que dizer da fé de Raabe que creu em Deus só de ouvir falar de seus feitos e passou de uma mulher vulgar a antepassada de Jesus?! (Js cap. 2 e 6; Hb 11:31). Se nos arrependermos e nos achegarmos a Deus, ele muda a história da nossa vida!

A mulher que acreditou em sua cura com apenas um toque em Jesus, sem que ao menos ele precisasse saber de sua existência?! Ela recebeu a cura e o amor dele! (Mc 5:25-34). Se permitirmos, Jesus nos toca e cura nosso corpo, nossa mente, nossos sentimentos!

A menina enferma que morreu, mas voltou à vida quando sua mão foi tocada pela de Jesus, quando ele ordenou: “Levante-se, menina!”. “Ela saltou e começou a andar!” (Mc 5:22, 35-43). Jesus estende sua mão para nós e nos devolve, por sua graça, o prazer de viver uma vida abundante, com a restauração dos nossos sonhos!

Uma mulher marcante é a que se derramou em lágrimas aos pés de Jesus e alcançou perdão dos seus pecados! (Lc 7:36-50). Jesus perdoa nossas fraquezas e derrama sobre nós seu bálsamo, aliviando nossas culpas!

E agora, imaginem a cena: Jesus morre na cruz, é sepultado e ressuscita! E a primeira pessoa a quem ele aparece é uma mulher – Maria Madalena, a quem ele salvara e transformara! Agora, ele a chama pelo nome! E ela anuncia: “Eu vi o Senhor!” (Jo 20:1-18)

Jesus Se revela a nós, chama-nos pelo nome, para que não duvidemos que ele caminha conosco e que, através de tudo o que tem feito e é, possamos perceber e anunciar que “nós, mulheres, temos visto o Senhor!”

Deus tem usado muitas mulheres para escrever a história de seu povo, ainda hoje!

Que cada uma saiba que é especial e cuidada por ele, e faz parte da escrita da história do povo de Deus!

Dsa. Maisa Neves congrega na IAP em Juquiá (São Paulo, SP) e integra a equipe da Fesofap.