Trabalho X Família, como conciliar?

Tem um espelhinho na sua bolsa? Pegue, olhe e dê um sorriso para a mulher refletida. Esta é a mulher sábia que edifica sua casa. A mulher maravilha citada em Provérbios 14.

Sim querida, você, que trabalha muito para auxiliar na manutenção de sua família e cuidar de seu lar, dedicando seus talentos ao Reino de Deus, usando  às horas com inteligência e sabedoria,  mulher que trabalha e tem um segundo turno de atividades no lar, encontrando tempo, ainda, para abraços, beijos, carinhos e auxílio em milhares de pequenas e grandes decisões familiares!

No entanto, preciso dizer que essa prerrogativa não é minha nem sua. A mulher sábia sempre existiu (observe sua mãe ou sua avó!) e sua definição está na Bíblia (Provérbios 31), mas eu podia com toda a certeza estar falando de mim ou de você!

E não só de cartão de ponto e horas extras vive a mulher trabalhadora, mas também de estudos e capacitação, cada vez mais necessários em nossos dias, e como faço parte dessa estatística posso afirmar que é possível conciliar trabalho e família, ambos com excelência plena.

Tempo para tudo isso? Nós encontramos com facilidade, num dia que o Pai Eterno distribuiu em 24 horas.

Nosso primeiro agente motivador são as “pessoinhas maravilhosas” que amamos e pelas quais trabalhamos arduamente. O segundo é poder auxiliar nossas famílias na realização de tantos sonhos conjuntos. O terceiro é nos colocar diante do altar do Senhor e contar com Sua ajuda.

Se vale a pena? Ah, com certeza.  Trabalhar, estudar, frequentar a igreja, estar com a família, orar, ter momentos de lazer, desde o sorvete na esquina até a viagem desejada com alegria (economizar, sonhar e preparar o sorriso para a fotografia)!

No livro de Eclesiastes aprendemos que há tempo para todas as coisas, tempo de plantar e de colher, tempo de abraçar e de afastar-se de abraçar (Eclesiastes 3). E posso dizer que esse tempo dedicado a cada fase precisa ser de qualidade, sem fadigas ou excessos.

E como isso é possível?  Com a ajuda de nosso Criador, que nos orienta através das Escrituras sagradas e do Espírito Santo que nos concede sabedoria quando pedimos (João 14).

E o melhor de todos os conselhos encontramos em Eclesiastes 3:1.  Peço que leia com carinho e lembre-se dele naquelas ocasiões em que desejar que o dia tenha 26 horas:

“Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. “Eclesiastes 3:1

Dsa. Genilda Farias, casada com Silas Farias e mãe do Pedro José Araújo de Farias formada em Letras – Pós-graduada: Letramento Pedagogia em curso.Congrega na Igreja Adventista da Promessa em Vila Maria