Dsa. Aynê Sodré Fonseca

Uma serva de Deus fiel e cristã exemplar, pessoa meiga e bondosa, deixou exemplo de fé, de coragem e de amor.

Viveu 78 anos e deixou um importante legado a familiares e amigos: a fé em Deus. Quem teve a oportunidade de conviver com ela, pode afirmar que aprendeu muito. Gostava muito de ler e ensinou isto a seus familiares e amigos.

Foi Adventista da Promessa por 51 anos e consagrada ao diaconato em 24/01/1981. Integrou a equipe da Fesofap por alguns anos e foi incansável no trabalho feminino na IAP Vila Medeiros.

Da Bíblia tirava orientações para a vida, para sua família e também para pessoas que precisavam de uma palavra. Preocupava-se em atender as necessidades do próximo.

Foi esposa dedicada, ótima mãe, avó e bisavó. Sábia, reunia a família em almoços que traziam alegria e união. Hospitaleira, recebia com prazer pessoas em sua casa. Tratava bem a todos, sem distinção.

As amigas podiam abrir o coração com ela enquanto tomavam um café juntas. Estas, juntamente com a família e com a Igreja, lamentam a perda e sentem a lacuna que ficou. Porém, uma esperança está viva em nós: a de nos encontrarmos no Grande dia, quando Jesus Cristo vier nas nuvens para buscar sua Igreja.

“Pois, dada a ordem, com a voz do arcanjo e o ressoar da trombeta de Deus, o próprio Senhor descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que estivermos vivos seremos arrebatados com eles nas nuvens, para o encontro com o Senhor nos ares”. I Ts 4:16 e 17

Confira na seção Dia-a-dia deste site, uma colaboração da Dsa. Aynê publicada na edição 56 da revista “O Clarim” (2008) http://fesofap.portaliap.org/2013/04/a-alegria-de-ser-avo-2/